Victor Hugo
1848, París son ataque: Victor Hugo está dividido entre a sua família, suas amantes e a agitação política, sem se importar que finalmente complete seu romance clássico Les Miserables. Apesar de Hugo ser monarquista confirmado, defende a República e a Louis Napoleão Bonaparte, quem em breve se tornará presidente, convicto de que iniciará reformas sociais. Mas quando o novo governo é formado e Hugo não é chamado para o cargo, percebe que foi apenas usado. Furiosos por terem sido enganados, ele e seus filhos lançam um jornal para dar voz às pessoas. Em sua casa a situação também não é menos caótica, já que está fazendo malabares com sua vida amorosa entre suas duas amantes e a sua sofredora esposa e mãe de seus filhos. Quando Napoleão assume o poder e seus filhos são presos por revolta, Hugo insiste para que sua esposa e filha fujam de Paris, onde permanece dedicando-se de todo coração à resistência. Denunciando abertamente a repressão, é declarado Inimigo do Estado e termina tendo que enfrentar a desgraça e o exílio.
?Ao começar a série, em (a revolução de) 1848, Victor Hugo já ganhou fama e fortuna. Aos 46 anos, é membro da Academia Francesa, escalou alto na nobreza e é propriamente legalista. Quando a série termina, três anos depois, é republicano, foragido e oferecem um prêmio pela sua cabeça.? Vamos mostrar a mudança gradual da consciência e o compromisso de Victor Hugo, assim como a estreita relação entre a sua vida e sua época, desde o momento em que o escritor abandona a literatura pela luta política?, mencionou o diretor Jean Marc Moutout.
Informação
Título original
Victor Hugo Ep.1
Gênero
Biography